jueves, 9 de septiembre de 2010

Cadeia

Sinhá Vitória manda a ele a fazer compras à cidade. Depois da chuva têm melhores condições. Aqui, aparece a figura do soldado amarelo simbolizando a autoridade do governo. Igualmente, insinua-se a idéia de que não é apenas a seca que faz de Fabiano e sua família pessoas animalizadas. Ele é preso sem qualquer motivo e começa a analisar sua situação de homem-bicho. Em sua ignorância fala errado para o soldado, não "respeita" a autoridade então o leva à cadeia e soca os seus pés.
Não tem mais coragem de sonhar com um futuro melhor. Ao fim do capítulo, temos Fabiano consciente de sua condição de homem vencido e, sem ilusões com relação à vida de seus filhos...
Ele se susteve ante injustiça com o pensamento posto em sua família.