jueves, 4 de noviembre de 2010

Sonata

É uma novela corta do livro “O Ataque”,
O enredo: O narrador era um professor de piano que no mês do abril, outono em 1940 evitava ler e escutar sobre a primeiro ano da Guerra. O outono o invitava a compor uma sonata, mas tinha falta de inspiração, precisava de uma musa. Vai, em sua procura, à Biblioteca. Pede os jornais do ano de seu nascimento 1912 e começa a composição da sonata e a fantasia poética em torno do tempo e o espaço. Mudando do espaço muda do tempo... Fala com a mãe, nasce a filha, fala com ela adulta e, com o afundamento do Titanic descobre seu próprio nascimento no jornal. Na Biblioteca? Sei lá.
A história ficou arquitetada, construída mais não fechada.