viernes, 26 de noviembre de 2010

Conto: Uma esperança

Neste conto Clarice faz um jogo com a palavra esperança, e a usa com os dois significados, inseto e sentimento. Tem imagens muito fortes: “quase nem corpo” “parece que nem olhos”...
A narradora toma distância na comunicação com seu filho ao disser “Preciso falar com a empregada para limpar atrás dos quadros” no momento onde a comunicação tentava ser.